18 junho 2024

Empresário estupra sobrinha e oferece R$ 100 mil para vítima mentir

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Um empresário de 52 anos, atuante no setor da construção civil, foi condenado por estuprar sua própria sobrinha entre os anos de 2011 e 2012, quando a vítima tinha entre 12 e 13 anos de idade, na cidade de Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, MG. A condenação, que totaliza 27 anos e 6 meses de prisão, foi seguida pela prisão do réu pela Polícia Federal (PF) na última terça-feira (30/4), após permanecer foragido desde o dia 17 de janeiro.

A prisão do empresário foi realizada pela Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (Ficco) na cidade de Milho Verde (MG). Durante todo o processo judicial, a defesa do acusado tentou descredibilizar os depoimentos da vítima e da mãe da jovem, porém, não apresentou elementos substanciais que invalidassem as acusações.

Além dos crimes de estupro, o empresário também foi acusado de tentativa de suborno, ao oferecer R$ 100 mil à vítima para que mudasse seu depoimento, e de influenciar uma das testemunhas de acusação durante o processo judicial.

A operação de prisão contou com o apoio da 17ª Promotoria de Justiça de Governador Valadares. O empresário foi levado à Delegacia de Polícia Civil de Serro (MG) para os procedimentos legais necessários antes de iniciar o cumprimento de sua pena em regime fechado.

Via Metrópoles.

Veja Mais