25 junho 2024

Governo inaugura novo Sine para fortalecer política de inclusão e promoção social na geração de emprego e renda

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Na sede da Secretaria de Estado de Indústria, Ciência e Tecnologia (Seict), em Rio Branco, foi entregue na manhã desta sexta-feira, 3, a Casa do Trabalhador do Sistema Nacional de Empregos (Sine-AC). O evento contou com a presença de representantes do governo federal, representantes sindicais e de federações da indústria, comércio e serviços. Segundo a coordenadora do sistema no Acre, Jaqueline Castro, “o novo formato do Sine vai atender jovens e adultos que buscam o primeiro emprego e recolocação no mercado, ofertando, além das vagas, cursos específicos, técnicas de redação e formulação de currículo”.

Com mais de 4 mil vagas de emprego encaminhadas desde o início da gestão do governador Gladson Cameli, o Sine-AC vem se tornando referência de inclusão e promoção social no Acre. Na Semana do Trabalhador, a instituição está de casa nova e agora conta com novos serviços, visando ampliar ainda mais a oferta de emprego e renda.

O titular da Seict, Assurbanípal Mesquita, ressaltou a parceria feita entre o governo do Estado, o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e a Superintendência do Patrimônio da União (SPU). “Apresentamos esse projeto ao governo federal e fomos contemplados com essa filosofia de melhor acolher o trabalhador. A Casa do Trabalhador representa a ampliação dos serviços, com apoio psicológico, diminuindo tempo de espera e a assimetria de informação existente no mercado de trabalho”, afirmou.

Para o representante da Central Única do Trabalhador (CUT-AC), Edmar Batistela, membro do Conselho Estadual de Emprego e Renda, o espaço novo vai ampliar e facilitar a oferta de empregos. “É preciso levar essa informação a toda a sociedade”, destacou.

O presidente do Sindicato da Indústria de Alimentos do Acre, José Luiz Felício, parabenizou as instituições parceiras. Ressaltou que “a busca ativa que será realizada nas empresas vai organizar a oferta e a demanda por vagas de acordo com as necessidades do mercado de trabalho”.

O vice-presidente da Federação da Indústria do Estado do Acre, João Paulo Pereira, destacou a proposta de qualificação dos trabalhadores. “Essa é uma estratégia que vai resolver uma questão fundamental para o mercado de trabalho. Temos que parabenizar o governo do Estado e o governo federal pela nova visão que fortalece o empreendedorismo”.

Novo prédio entregue pelo SPU e MTE será reformado para atender demandas da Casa do Trabalhador. Foto: Sabrina Salomon/Seict

Novo prédio

Ainda na manhã desta sexta-feira, o superintendente do MTE, Leonardo Lini, e o superintendente do SPU, Tiago Mourão, assinaram o termo de entrega do prédio onde funcionava a Funasa, onde, após uma reforma, será a sede do novo Sine, a Casa do Trabalhador.

“Os imóveis da União estavam praticamente abandonados. Com a nova gestão do presidente Lula, esses imóveis passam a servir a sociedade com finalidade e vocação. Ao sermos procurados pelo Ministério do Trabalho e a Seict, de prontidão apoiamos a causa do Sine para instalação da Casa do Trabalhador”, disse Mourão.

O espaço atenderá as demandas de qualificação dos trabalhadores. A Seict vai incorporar, as suas atividades, cursos do Polo Digital e do Instituto Êxito, que visam à formação e capacitação do cidadão.

O Sine no Acre

Com mais de 35 mil atendimentos e 4 mil encaminhamentos de profissionais ao mercado de trabalho, o Sine no Acre se destaca na mediação de vagas para o mercado de trabalho, uma parceria com a iniciativa privada no cadastramento, acompanhamento de processos jurídicos do trabalhador doméstico e outras atividades.

Com o novo serviço, o governo do Acre amplia sua visão de parceria e a relação com a comunidade, com foco no crescimento e rentabilidade para empresas locais, além da responsabilidade socioambiental e cultural da região.

Via Secom

Veja Mais