21 julho 2024

Acusado de matar irmão em conflito por terras é transferido para presídio de Rio Branco

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

Após um trágico incidente envolvendo a morte de seu próprio irmão durante um conflito por disputa de terras familiares na zona rural de Brasiléia, Mariano Silva Gadelha, de 27 anos, foi levado ao presídio Francisco de Oliveira Conde (FOC) em Rio Branco. A transferência ocorreu após a decretação da prisão preventiva durante a audiência de custódia realizada na sexta-feira (14).

O crime chocou a comunidade local e resultou na detenção de Mariano em flagrante pelos agentes da Polícia Civil no Bairro Eldorado, onde ele buscou refúgio após o trágico episódio. O delegado Erick Maciel, titular da Delegacia de Brasiléia, conduziu o interrogatório do acusado e formalizou a prisão, encaminhando o caso ao processo legal.

Durante a audiência de custódia presidida pelo juiz Clóvis Lodi, a decisão foi tomada de converter a prisão em flagrante para preventiva, embasada em evidências substanciais apresentadas pelo delegado Erick Maciel. Mariano foi então transferido para o presídio de Rio Branco na tarde do mesmo dia, onde permanecerá sob custódia do Judiciário acreano aguardando o desenrolar do processo judicial.

Veja Mais