25 junho 2024

Colono segue desaparecido no Rio Caeté em Sena Madureira

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Na última terça-feira (4), a guarnição de mergulhadores do 6º Batalhão de Engenharia de Construção e Incêndio Florestal (6º BEPCIF) iniciou as buscas por Manoel Mendonça dos Santos, conhecido popularmente como “Pingo”, que desapareceu nas águas do Rio Caeté em Sena Madureira. O Corpo de Bombeiros de Sena Madureira suspendeu as buscas na tarde de sexta-feira (7).

O incidente ocorreu na segunda-feira (3), quando Manoel caiu nas águas do Rio Caeté, nas proximidades do porto da ponte de Manoel Urbano, e não conseguiu retornar à margem. De acordo com o tenente C. Queiroz, do Corpo de Bombeiros de Sena, foram realizados diversos mergulhos e buscas superficiais, mas não foi possível localizar o corpo.

Manoel Mendonça era morador da comunidade Guarani, no Rio Caeté. Ele estava retornando para casa na companhia de sua esposa na tarde de segunda-feira (3), quando a canoa em que estavam colidiu com a vegetação, fazendo com que ele caísse nas águas. Há suspeitas de que Manoel teria ingerido bebida alcoólica antes do incidente.

A família de Manoel está profundamente abalada com o ocorrido, especialmente pela ausência do corpo, o que impede a realização do velório e sepultamento. As buscas foram intensas, mas, após quatro dias sem sucesso, foram interrompidas.

 

Veja Mais