18 junho 2024

Denúncias de violações de direitos humanos no Acre já somam quase 4,5 mil em 2024

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

As denúncias de violações de direitos humanos no Acre aumentaram 14,6% entre abril e maio deste ano, passando de 143 para 164 casos, de acordo com o Disque 100, o canal de queixas do governo federal.

Até maio de 2024, o Acre registrou 696 casos de violação de direitos humanos, somando um total de 4.464 violações. O grupo mais vulnerável são crianças e adolescentes, com 299 casos registrados. A violência contra idosos também é significativa, com 212 casos em 2024.

Do total de denúncias, 69 casos ocorrem há mais de 10 anos, geralmente na casa da vítima ou do suspeito.

Um estudo recente revelou que, entre 2020 e 2023, as denúncias de violência contra idosos, o segundo maior grupo afetado em 2024 no Acre, somaram 408.395 mil em todo o país. Destas, 21,6% ocorreram em 2020, 19,8% em 2021, 23,5% em 2022 e 35,1% em 2023. Os dados são parte da pesquisa “Denúncias de Violência ao Idoso no Período de 2020 a 2023 na Perspectiva Bioética”, resultando em um artigo publicado em parceria pelas professoras Alessandra Camacho, da Escola de Enfermagem da Universidade Federal Fluminense (UFF) e do Programa Acadêmico em Ciências do Cuidado da UFF, e Célia Caldas, da Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Veja Mais