17 junho 2024

Policial Civil que ameaçou promotor de Justiça é preso no Acre

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Neste domingo (9), um policial civil foi preso em Rio Branco, Acre, por fazer ameaças de morte contra Tales Tranin, promotor de Justiça do Ministério Público do Acre (MP-AC). A prisão ocorreu após um mandado emitido pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), que atua de forma independente.

As investigações começaram em abril deste ano, quando a Procuradoria-Geral de Justiça encaminhou o caso ao Gaeco e à 1ª Promotoria de Justiça Criminal. Além da prisão, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão contra o acusado, cuja identidade permanece em sigilo.

O policial está sob investigação da Corregedoria de Polícia e enfrenta processos administrativos disciplinares. O MP-AC informou que medidas foram tomadas para garantir a segurança do promotor Tranin, e o caso está sob segredo de justiça. Tales Tranin preferiu não comentar, direcionando perguntas ao Gaeco.

Em nota pública, o governo do Acre declarou que está conduzindo um procedimento investigatório para apurar os fatos. O governo também destacou que procedimentos administrativos disciplinares (PADs) estão sendo observados, garantindo ampla defesa e contraditório, com alguns processos resultando em decisões de demissão.

O g1 tentou contato com o coordenador do Gaeco, promotor Bernardo Albano, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

Via G1 ACRE.

Veja Mais