21 julho 2024

Presidente Lula fala sobre Projeto de Lei dos Jogos de Azar: “não sou favorável a jogo, mas também não acho crime”

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

Em uma entrevista à rádio Meio Norte, do Piauí, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) expressou sua posição sobre o Projeto de Lei 2.234/2024, que trata da exploração de jogos e apostas no Brasil. Ele afirmou não ser favorável aos jogos de azar, mas também não considerá-los crime.

Lula destacou que, caso o Congresso Nacional aprove o projeto, não haverá motivo para vetá-lo. Ele mencionou a possibilidade de sancionar a proposta, desde que haja um acordo entre os partidos políticos.

O projeto, já aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) do Senado, será votado em plenário. Se aprovado sem alterações, seguirá para a sanção do presidente Lula.

Apesar disso, o presidente expressou ceticismo quanto aos benefícios econômicos da legalização dos jogos de azar, afirmando que isso não resolverá os problemas do Brasil. Ele também mencionou a perspectiva de criação de empregos associada à legalização, argumentando que o pobre não frequentaria cassinos, mas trabalharia neles.

Atualmente, as práticas de jogo do bicho, jogos de azar e apostas em corridas de cavalo fora de locais autorizados são consideradas contravenções penais no Brasil.

Veja Mais