24 julho 2024

Prisão preventiva decretada para mecânico acusado de feminicídio em Rio Branco

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

Durante audiência de custódia, a justiça do Acre decidiu manter a prisão preventiva de Simey Menezes Costa, mecânico acusado pelo assassinato de Ketilly Soares de Souza, de 33 anos. O crime ocorreu no último domingo (9), na região do bairro Vila Acre, em Rio Branco, onde a vítima foi brutalmente morta com mais de dez facadas.

A decisão foi proferida pela juíza da 2ª Vara do Tribunal do Júri e Auditoria Militar, Bruna Perazzo, na manhã de quinta-feira (13), durante a audiência de custódia realizada após a prisão do suspeito.

De acordo com as informações, Costa não confessou o crime durante o interrogatório na Delegacia da Mulher. Ele negou saber que era o autor do homicídio e optou pelo silêncio após questionamentos. O delegado responsável pelas investigações, Pedro Paulo Buzolin, destacou que todas as evidências apontam para o suspeito como autor do crime, e o inquérito está em fase final de conclusão.

O suspeito se entregou à polícia na noite de quarta-feira (12), acompanhado de um advogado. Ketilly, vítima do feminicídio, havia sido pedida em casamento uma semana antes de sua trágica morte.

Veja Mais