24 junho 2024

PSD do Acre em Crise: Kassab exige cassação de deputado Pablo Bregense

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img


O clima no Partido Social Democrático (PSD) está fervendo após a declaração polêmica do deputado estadual Pablo Bregense, que, mesmo ocupando a liderança do partido na Assembleia Legislativa do Acre, afirmou que seu único candidato certo para o Senado é o senador Márcio Bittar (União Brasil), ignorando a candidatura do senador Sérgio Petecão, do próprio PSD.

Em resposta a essa situação, o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, enviou nesta segunda-feira (10) um vídeo contundente direcionado ao presidente do diretório estadual do partido, o senador Sérgio Petecão. Kassab pediu “providências radicais” contra Bregense, devido à infidelidade partidária demonstrada pelo deputado.

“No vídeo, Kassab afirma ter recebido inúmeras reclamações sobre a postura de Bregense, classificando-a como inaceitável. ‘Inúmeras manifestações muito contrariadas com a postura do deputado Pablo Bregense. Não podemos criar no partido um clima de animosidade. É, realmente, algo inconcebível um deputado praticar infidelidade’, declarou Kassab.”

A reação de Kassab não parou por aí. Ele enfatizou que as consequências deveriam ser mais severas do que a simples perda do cargo de liderança na Casa Legislativa, anunciada por Petecão. “Gostaria que o diretório adote providências radicais em relação ao deputado, caso contrário a direção nacional irá adotar postura bastante rigorosa, que pode inclusive culminar com a suspensão do deputado, ou sua expulsão. Isso será estendido a todos do diretório estadual do partido: a fidelidade partidária precisa começar a ser utilizada!”, disparou Kassab no vídeo.

O episódio reflete a tensão interna no PSD e a ênfase na disciplina e na lealdade dentro do partido. A atitude de Bregense é vista como uma violação grave dos princípios de fidelidade partidária, especialmente em um ano eleitoral crucial. A reação de Kassab sugere que a liderança nacional do PSD está disposta a tomar medidas extremas para garantir a unidade e a coesão partidária.

Até o momento, o deputado Pablo Bregense não fez declarações públicas em resposta às críticas e às possíveis sanções que pode enfrentar. O cenário político no Acre, portanto, segue agitado, com possíveis desdobramentos nas próximas semanas.

A situação ressalta a importância da fidelidade partidária e a forma como as lideranças partidárias lidam com desafios internos. O desfecho desse caso pode servir de exemplo para outros membros do partido e reforçar a autoridade da direção nacional sobre os diretórios estaduais.

Veja Mais