24 julho 2024

Acusado de matar marceneiro barbaramente é condenado pela justiça de Sena Madureira

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

Em julgamento promovido nesta terça-feira (9) na comarca do Fórum Desembargador Vieira Ferreira, em Sena Madureira, a justiça condenou o nacional Antônio Benedito de Sousa Conceição, 36 anos, vulgo “Bené” a uma pena de 17 anos e 6 meses de reclusão.
Ele sentou-se no banco dos réus sob acusação de ter matado barbaramente o marceneiro Nacife Oliveira Passos, 52 anos, conhecido popularmente como “Bodó da serraria”. Antes da conclusão da sentença, foram ouvidas testemunhas, além dos debates entre defesa e acusação.

Ao final, o juiz determinou que a pena seja cumprida inicialmente em regime fechado e negou ao réu o direito de recorrer da sentença em liberdade.

O CRIME

Conforme o Ministério Público, o crime em questão ocorreu no dia 16 de outubro de 2023 em uma marcenaria, situada no Pólo moveleiro de Sena Madureira. “Bené” premeditou o assassinato, visto que, nas primeiras horas da manhã ficou de campana aguardando a chegada de Nacife que era o proprietário da marcenaria. A vítima foi atingida com vários golpes de terçado e também por um pedaço de madeira, indo a óbito instantaneamente.

As investigações revelaram que o brutal homicídio do marceneiro Nacife teve relação com um acidente de trânsito ocorrido em agosto de 2023 nas proximidades da rotatória do Cheiro Verde. Naquela ocasião, Nacife Passos conduzia um caminhão caçamba que veio a colidir com uma motocicleta dirigida por Bené. A esposa de Bené estava na garupa da moto e morreu na hora.

Nesse sentido, o crime teria sido motivado por vingança.

Veja Mais