17 julho 2024

Docentes da Ufac encerram greve e retornam às atividades após compromissos ajustados

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Foto: Reprodução

Em assembleia realizada nesta quarta-feira (3), os docentes da Universidade Federal do Acre (Ufac) decidiram encerrar a greve que havia iniciado em 29 de abril. O movimento buscava reestruturação da carreira, recomposição salarial, e revogação de normas anteriores dos governos de Michel Temer e Jair Bolsonaro.

Publicidade

O Comando Nacional da categoria já havia decidido pelo fim da greve no dia 23 de junho, seguindo uma decisão nacional. Em nível local, os professores também almejavam a construção do Hospital Universitário, moradia estudantil para alunos do interior, além de medidas contra o assédio moral e melhorias para o Colégio de Aplicação.

Após a entrega de um termo de compromisso na segunda-feira (1º), no qual propuseram encerrar a greve caso a reitora Guida Aquino o assinasse, a comunidade acadêmica decidiu retomar as atividades na próxima segunda-feira (8). A reitora não assinou o documento, o que gerou insatisfação entre os grevistas, mas a suspensão foi decidida para não prejudicar mais a comunidade acadêmica.

A reitoria informou que convocará uma reunião do Conselho Universitário (Consu) para reorganizar o calendário acadêmico, crucial para garantir a transparência e a participação democrática de todas as partes envolvidas.

O termo de compromisso inicial, que não foi assinado devido ao seu formato, incluía demandas como melhorias na alimentação dos alunos, segurança, transporte para aulas de educação física, e apuração de denúncias de assédio sexual feitas por estudantes. A reitoria reiterou que questões fora do alcance local serão debatidas em fóruns apropriados, com o apoio e compreensão de toda a comunidade universitária.

Veja Mais