17 julho 2024

Filho de Zé Vaqueiro e Ingra Soares morre aos 11 meses

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

Na madrugada desta terça-feira (9/7), faleceu o filho do cantor Zé Vaqueiro e de Ingra Soares. O bebê, que tinha 11 meses, morreu devido a complicações de uma malformação congênita resultante da síndrome da trissomia do cromossomo 13, também conhecida como síndrome de Patau. A informação foi confirmada pela equipe do artista nas redes sociais.

Arthur nasceu com a síndrome de Patau, uma doença genética que causa graves problemas de má formação no rosto, membros e nos sistemas nervoso, cardíaco e urinário. Ele passou quase 10 meses internado em um hospital em Fortaleza (CE). Após receber alta, sofreu uma parada cardíaca um dia depois de sair da unidade de saúde e precisou ser internado novamente.

Zé Vaqueiro e Ingra Soares expressaram sua dor e gratidão nas redes sociais: “Deus sabe de todas as coisas, e decidiu que era hora do nosso Arthur se juntar a Ele e descansar. Agradecemos do fundo de nossos corações o amor e as orações que nosso menino recebeu enquanto estava entre nós.”

Arthur era o caçula da família. Além dele, Zé Vaqueiro e Ingra têm outros dois filhos: Daniel e Nicole.

 O que é a Síndrome de Patau?

A síndrome de Patau é uma doença genética rara caracterizada pela presença de um cromossomo extra, o que resulta em uma série de malformações graves. Entre os problemas causados pela síndrome estão:

– Malformações no coração e no sistema nervoso
– Alterações faciais, incluindo lábios leporinos
– Malformações nos rins
– Problemas respiratórios
– Microftalmia ou anoftalmia (olhos pequenos ou ausência de olhos)
– Defeitos abdominais
– Malformações nas orelhas
– Surdez

A condição é geralmente associada a uma expectativa de vida reduzida, com muitos bebês não sobrevivendo além do primeiro ano de vida.

Veja Mais