17 julho 2024

Polícia Federal deflagra Operação Cygnus contra tráfico internacional de animais silvestres

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

A Polícia Federal iniciou nesta terça-feira (9) a Operação Cygnus para combater o tráfico internacional de animais silvestres. As investigações, que tiveram início em 2022, identificaram um grupo sediado em Santa Catarina envolvido no tráfico ilegal de animais entre Brasil, Argentina e Uruguai.

Segundo a PF, estão sendo cumpridos dois mandados de prisão, um em Florianópolis e outro em Rodeio (SC), além de seis mandados de busca e apreensão. Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Federal de Florianópolis e incluem também o sequestro de veículos.

Estrutura da Organização e Modus Operandi

Durante as diligências, a PF descobriu uma organização bem estruturada, composta por traficantes de animais, apoio logístico, intermediários e compradores espalhados pelo sul e sudeste do Brasil, além de áreas fronteiriças. Os criminosos realizavam viagens frequentes para a fronteira, utilizando veículos alugados para o transporte dos animais, uma estratégia para dificultar a ação policial.

A corporação revelou que um dos suspeitos já havia sido abordado diversas vezes em rodovias do sul do Brasil, resultando em registros de ocorrência. Os investigados enfrentam acusações que incluem crimes ambientais, receptação qualificada e participação em organização criminosa dedicada ao tráfico de animais.

Compromisso com a Proteção Ambiental

A operação reflete o compromisso da Polícia Federal em proteger o meio ambiente e combater práticas ilegais que ameaçam a fauna silvestre, especialmente em regiões sensíveis às fronteiras do país.

Veja Mais