17 julho 2024

Preços dos combustíveis sobem em junho no Brasil, exceto GNV que registra queda

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

Os brasileiros enfrentaram um aumento significativo nos preços dos combustíveis durante o mês de junho de 2024. De acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), houve elevação nos preços médios de diversos tipos de combustíveis, com exceção do gás natural veicular (GNV), que apresentou uma queda e agora é comercializado a R$ 4,55 por metro cúbico.

O etanol registrou o maior aumento, atingindo uma média de R$ 3,85 por litro em várias regiões do Brasil. Estados como Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Distrito Federal foram os que apresentaram os menores preços para o diesel, variando entre R$ 3,85 e R$ 5,55 por litro. Por outro lado, Sergipe e Roraima foram os estados com os maiores preços médios para o diesel, alcançando cerca de R$ 4,80 por litro.

O óleo diesel comum também teve um aumento expressivo, chegando a uma média de R$ 5,90 por litro na última semana de junho, considerando as diferentes regiões do país. Sergipe registrou o menor preço para o diesel, vendido a R$ 5,60 por litro. Já a gasolina aditivada e comum mantiveram uma média de R$ 6,05 e R$ 5,85 por litro, respectivamente.

Apesar dos aumentos observados no mês passado, a Petrobras enfrenta pressões para repassar os aumentos de custos na cadeia produtiva, especialmente devido à valorização do dólar, que atingiu níveis recordes no Brasil. A ANP destaca que a situação reflete uma significativa defasagem de preços, uma vez que muitos dos componentes dos combustíveis são importados.

A situação econômica e os desafios enfrentados pela indústria de combustíveis continuam a ser monitorados de perto, com expectativas de ajustes e impactos futuros para os consumidores brasileiros.

Fonte: Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP)

Veja Mais