Funcionários da empresa de Mazinho seguem trabalhando mesmo após decreto

1
28

25 Mar de 2020 do YacoNews

O MP informou que a denuncia ainda não chegou ao órgão, mas que será investigada


Uma denúncia feita ao ContilNet por um vereador de Sena Madureira, que não quis se identificar, na manhã desta terça-feira (24), informa que o prefeito Mazinho Serafim, também proprietário da empresa Casa do Seringueiro no município, está descumprindo o decreto publicado pelo governo do estado no Diário Oficial, com as recomendações sobre o funcionamento das empresas privadas no Acre durante a pandemia do Covid-19.

Um vídeo enviado com exclusividade mostra alguns funcionários da empresa entrando no espaço para trabalhar, fardados. De acordo com o vereador, a gravação captura apenas uma parte dos trabalhadores, sendo que um grupo com quase 40 pessoas foi até o estabelecimento no mesmo dia.

O governador Gladson Cameli decidiu na última semana que apenas as empresas de gênero alimentício, farmácias e órgãos essenciais devem manter os trabalhos neste momento em que o Acre combate o Covid-19, que já fez 17 vítimas confirmadas no estado, como aponta o relatório oficial da Secretaria de Saúde (Sesacre).

“A minha denuncia é contra o empresário Mazinho Serafim. A empresa de castanha dele segue aberta, recebendo funcionários. Ele precisa obedecer o que foi determinado pelo governo e pela justiça. Quase 40 pessoas estão aglomeradas ali. São humanos que correm riscos. Uma irresponsabilidade”, disse o político.

Nossa reportagem tentou entrar em contato com Mazinho, por seus números pessoais, mas não obteve êxito.


O promotor criminal do Ministério Público de Sena Madureira, Thalles Ferreira, também foi consultado sobre o caso, e informou que a denuncia ainda não chegou ao órgão, mas logo que registrada, será enviada aos órgãos fiscalizadores, que deverão atuar no caso.


Da Contilnet

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui