Defensores públicos gerais do Brasil encerram agenda no Acre com reunião do Condege

0
18

A 66ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Defensoras e Defensores Públicos-Gerais (Condege) aconteceu na manhã desta sexta-feira, 23, no Acre. É a primeira vez que o encontro é realizado no estado e reuniu defensoras e defensores-gerais de 18 estados brasileiros e o Distrito Federal. O formato híbrido possibilitou a participação de representantes de estados que não puderam comparecer presencialmente.

A defensora pública geral do Acre, Simone Santiago, acompanhada da subdefensora-geral, Roberta Caminha e da corregedora-geral, Fenísia Mota, recebeu os colegas dos outros estados em um café da manhã ao som de violino. “É uma honra para nossa Defensoria Pública do Acre poder sediar este importante encontro nacional. Uma oportunidade para alinharmos o diálogo e as necessidades em comum das defensorias públicas”, comentou a defensora-geral.

Conduzida pelo presidente do Condege e defensor-geral do Estado de São Paulo, Florisvaldo Antônio Fiorentino Junior, a reunião aconteceu no Sesc Acre. “Temos aqui 23 estados sendo representados diretamente. A nossa pauta conta com diversos assuntos que visam otimizar o atendimento à população e o acesso à Justiça, fazendo com que esse aprimoramento seja uma constante no nosso país”, disse.

O vice-presidente do Condege e defensor-geral do Amazonas, Ricardo Queiroz de Paiva, o presidente do Conselho Nacional de Corregedoras e Corregedores Gerais (CNCG), Marcus Edson de Lima e a presidente da Associação Nacional de Defensoras e Defensores Públicos (Anadep), Rivana Ricarte, também participaram do encontro.

Participaram representantes dos estados de São Paulo, Sergipe, Rio Grande do Sul, Amazonas, Rio de Janeiro, Roraima, Rio Grande do Norte, Tocantins, Bahia, Rondônia, Goiás, Mato Grosso, Paraná, Pará, Piauí, Ceará, Pernambuco, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e o Distrito Federal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui