Gladson pede que forças de segurança tomem providências para liberar vias no Acre

0
57

O governador Gladson Cameli (Progressitas) disse, em entrevista à Jovem Pan, que já
solicitou que as forças de segurança tomem providências contra o bloqueio de rodovias federais no Acre.

Caminhoneiros que se manifestam contra a eleição de Lula inciiaram um movimento nacional de interdição de rodovias. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) falou em 271 obstruções de vias em todo o país na manhã de terça-feira (31). Superior Tribunal Federal (STF) formou maioria para determinar que polícias ajam para desbloquear estradas, mas protestos continuam.

“Eu já pedi que as forças militares respeitem a ordem da Justiça. O que é determinado epla justiça não se discutre, lei é lei e devem ser cumpridas”, disse o governador.

No Acre, dois dos três pontos de bloqueios registrados no Acre até ontem, foram liberados entre a madrugada e a manhã desta terça-feira (1).

Havia bloqueios no Km 300 da BR-317, entre Brasileia e Assis Brasil, km 103 da BR-317, em Senador Guiomard, e no km 124 da BR-364 em Rio Branco. Apenas em Brasileia ainda há bloqueio, mas a PRF já trabalha para liberação.

Gladson diz que os caminhoneiros são pais de família e ele os respeita, mas “vai começar a prejudicar milhões de brasileiros caso a situação se estenda. “Eu não posso incentivar o que vai trazer desordem, precisamos ter equilíbrio e virar essa página. A eleição acabou e precisamos aceitar o resultado das urnas, pois temos muitos desafios pela frente”, pontuou

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui