13 abril 2024

WhatsApp: como bloquear prints de fotos e vídeos de visualização única

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

No WhatsApp é possível bloquear capturas de tela (print screen) de fotos e vídeos de visualização única sem a necessidade de configuração. O arquivo se autodestrói, ou seja, ele é apagado após sair da visualização.

Com o bloqueio os usuários têm mais uma camada de proteção ao compartilharem registros quando não querem que eles fiquem disponíveis aos seus contatos.

Além de impedir a captura de tela, as mídias expiráveis não permitem fazer o download e salvar os conteúdos para a galeria do destinatário.

Também não é possível encaminhar ou favoritar os arquivos de mídia com o recurso ativado.

👉 Como funciona

 

  • Abra uma conversa individual ou em grupo e toque no ícone de câmera, localizado na parte inferior do app;
  • Em seguida, faça o registro (foto ou vídeo com no máximo, 16 MB), adicione uma legenda se preferir e, então, toque no ícone de número 1;
  • Por fim, toque em “Enviar”.

 

🤳 Ao abrir a mensagem

 

  • Para visualizar a foto ou o vídeo toque no ícone de número 1;
  • Deslize a foto para cima ou toque em “Voltar” para sair do visualizador de mídia;
  • A confirmação “Mensagem aberta” será exibida na conversa no lugar da foto ou do vídeo.

 

Após fechar o visualizador de mídia, não será possível ver o arquivo de mídia novamente nem denunciá-lo ao WhatsApp.

❌ O que ocorre ao tentar fazer a captura de tela?

 

Ao tentar fazer o print da mídia, a pessoa que receber a mídia será alertada de que não é possível seguir com o registro.

Uma imagem é gerada e salva na galeria com a seguinte mensagem: “parece que você tentou fazer uma captura de tela. Para maior privacidade, não é possível fazer capturas de tela de mensagens de visualização única” (veja na imagem abaixo).

Saiba como bloquear prints de fotos e vídeos de visualização única no WhatsApp — Foto: Reprodução

Saiba como bloquear prints de fotos e vídeos de visualização única no WhatsApp — Foto: Reprodução

Donos de Android podem visualizar este texto: “Essa captura de tela foi bloqueada para maior privacidade”.

Caso o WhatsApp instalado no seu aparelho não tenha essa função, basta atualizar o aplicativo na App Store (iPhone) e no Google Play Store (Android) para a versão mais recente.

🧐 É possível saber se o arquivo foi aberto pelo destinatário?
Apenas se as confirmações de leitura estiverem ativadas no aplicativo será possível verificar se o arquivo foi aberto.

Se o destinatário não abrir o conteúdo de visualização única até 14 dias após o envio, acabará ficando indisponível na conversa.

🤨 Como restaurar arquivos de visualização única do backup?
É possível restaurar arquivos de visualização única do backup se for realizado antes da abertura do arquivo de mídia.

Caso a foto ou o vídeo de visualização única já tenha sido aberto no momento do backup, o arquivo de mídia não será incluído no processo e não será possível restaurar o conteúdo.

😉 Orientações
Apesar das ferramentas de privacidade, apenas envie mídias sensíveis usando o recurso para pessoas de confiança, informa o WhatsApp.

O destinatário pode não respeitar as regras e fazer as capturas de forma ilícita, como registrar a tela com a câmera de outro aparelho antes que o arquivo de mídia desapareça.

Por g1

Veja Mais