25 maio 2024

Mazinho nega perseguição a servidores ligados a Gerlen Diniz

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

O prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim, usou as redes sociais nesta segunda-feira, 06. para repudiar a matéria que liga uma lista negra do gestor a servidores do hospital Estadual João Câncio Fernandes que estariam ligados ao deputado federal eleito Gerlen Diniz.

Na publicação, o gestor afirmou que não tem autonomia na gestão do hospital e negou que seja perseguidor.

Leia mais: Lista da perseguição: Funcionários do Hospital de Sena ligados ao Dep. Gerlen estão em suposta LISTA NEGRA de Mazinho

“O gestor municipal somente fez uma proposta ao Governo de parceria de trabalho junto a unidade hospitalar em Sena Madureira para aumentar os investimentos na área da saúde de média e alta complexidade”, afirmou,

“Nesses termos, Mazinho repudia a forma que foi tratado o assunto na reportagem do referido veículo de comunicação, tendo em vista que o prefeito fez uma proposta ao Governo do Estado de parceria para melhorar as condições de trabalho dos servidores e de atendimento da população”, acrescentou.

Por fim, Mazinho afirmou que a proposta ao Estado continua mantendo os atuais servidores e a prefeitura, por meio dos recursos de emendas parlamentares da bancada federal, para ampliar os atendimentos que na maioria das vezes é preciso a população se deslocar até Rio Branco para realizar os procedimentos de saúde.

Veja Mais