21 fevereiro 2024

Aumento alarmante de acidentes fatais no trânsito de Cruzeiro do Sul

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

Até agosto deste ano, 12 pessoas perderam a vida em acidentes de trânsito em Cruzeiro do Sul, localizado no interior do Acre, de acordo com o levantamento realizado pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AC). Os acidentes fatais ocorreram tanto em rodovias estaduais quanto nas vias urbanas, incluindo a federal.

Comparado ao mesmo período do ano anterior, houve um aumento no número de vítimas fatais, com nove registros em 2022. No que diz respeito aos acidentes sem vítimas fatais, o Detran informou um aumento de 2% na comparação entre os anos, com 273 ocorrências no ano passado e 279 este ano.

O comandante da Polícia Militar local, tenente-coronel Edvan Rogério, destacou que a maioria dos acidentes foi resultado de imprudência no trânsito. Ele enfatizou a importância de conscientizar a população sobre a necessidade de reduzir a velocidade, especialmente em cruzamentos, e observar cuidados básicos para prevenir tragédias.

No último domingo (24), quatro acidentes com vítimas lesionadas foram registrados na cidade, sendo três considerados graves. Entre eles, um motociclista em alta velocidade colidiu com um carro em um cruzamento na Vila Rica, resultando na projeção do capacete do motociclista pelo impacto.

Além disso, foram relatados outros acidentes graves, incluindo colisões entre veículos e motos, destacando a persistência do problema no trânsito de Cruzeiro do Sul.

Até agosto deste ano, ocorreram várias fatalidades em acidentes de trânsito na cidade. Entre elas, o caso mais recente foi a morte do servidor terceirizado Marcus Vinícius Mesquita Costa, de 21 anos, em 23 de agosto, após colidir com um poste de energia elétrica. Também foram mencionadas outras vítimas e acidentes que resultaram em perdas trágicas, evidenciando a gravidade da situação no trânsito local.

Veja Mais