29 fevereiro 2024

Excessos do carnaval: quando a dor de garganta ou mal-estar não têm a ver só com a folia

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

Aproveitar intensamente o Carnaval pode resultar em dor de garganta, mal-estar ou dor de cabeça, mas esses sintomas podem indicar algo além do cansaço pós-folia. As doenças infecciosas respiratórias são comuns nesse período, alerta a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF).

A otorrinolaringologista Larissa Vilela Pereira, da ABORL-CCF, explica que sintomas como dor de garganta, nariz entupido, espirros, coriza, tosse, febre e dor de cabeça podem ser indícios dessas doenças. É fundamental buscar avaliação médica para um diagnóstico correto e tratamento adequado.

Fatores como falta de hidratação, má alimentação, pouco sono e consumo de álcool podem reduzir a imunidade, aumentando o risco de contrair essas doenças. Pereira ressalta a importância de não retornar ao trabalho ou à escola sem diagnóstico adequado para evitar a transmissão.

A ABORL-CCF lista as doenças mais comuns neste período:

  • Covid-19: Febre, tosse seca, cansaço, perda de paladar ou olfato são sintomas comuns, podendo evoluir para dificuldade respiratória.
  • Resfriado: Entupimento nasal, espirros e mal-estar são sinais típicos.
  • Gripe: Febre alta, dores pelo corpo, dor de garganta e tosse são sintomas característicos.
  • Amigdalite/Faringite: Dor de garganta persistente, dificuldade para engolir e febre são comuns.
  • Mononucleose: Fadiga, febre, aumento dos gânglios e dificuldade para engolir podem ocorrer.

É essencial estar atento a esses sintomas e buscar assistência médica adequada, priorizando o cuidado com a saúde em meio aos excessos do Carnaval.

Via Brasil61.

Veja Mais