24 julho 2024

Acre está entre 5 estados selecionados para compor livro distribuído a líderes mundiais durante o G20, no Rio de Janeiro

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

O Acre comemora mais uma posição de destaque, ao compor o Documental Estratégia e Desenvolvimento, livro que será distribuído aos líderes mundiais durante o G20, encontro que reúne representantes das 19 maiores economias do mundo, mais a União Africana e a União Europeia, para favorecer a negociação internacional. Em sua 19ª edição, será realizado nos dias 18 e 19 de novembro, no Rio de Janeiro (RJ).

O diretor executivo da publicação, Marcus Guimarães, explica que um dos critérios da seleção é a relevância geográfica federativa. “Foram cinco estados selecionados. O critério da escolha do Acre se deu pela importância de pertencer ao bioma Amazônia, que será um dos temas fundamentais do G20, sendo três eixos principais: combate à fome, à pobreza e à desigualdade – as três dimensões do desenvolvimento sustentável, econômica, social e ambiental, e a reforma da governança global”, destaca.

A apresentação do Acre na publicação está sendo articulada com a Secretaria de Estado de Comunicação (Secom), que já se reuniu com a equipe do projeto. A distribuição será feita a todos os chefes de Estado e suas comitivas no evento do G20.

Cada ente federativo escolhido deve preencher 15 páginas de informações sobre o estado. O objetivo é fazer uma apresentação robusta, para que as lideranças tenham o máximo de dados possível sobre a região, embasando decisões e direcionamento de recursos.

“Vamos apresentar o Brasil e seus estados para garantir recursos ao desenvolvimento humano, visando reduzir as desigualdades sociais, ampliando os direitos humanos e garantindo a mobilidade social ascendente. Também queremos mitigar a crise climática e ambiental e a perda de biodiversidade, promovendo a redução dos gases de efeito estufa, efetivando ações conjuntas para deter o aquecimento global. Visamos também promover a restauração ecológica e acelerar a transição energética para uma economia de baixo carbono, mitigando tragédias meteorológicas, como a que atingiu o Rio Grande do Sul agora em maio”, informa Guimarães.

Vitrine para investidores

A inclusão do Acre no livro foi um pedido do presidente Lula, a partir de um encontro com o governador Gladson Cameli no dia 5 de junho, em Brasília. A titular da Secom, Nayara Lessa, reforçou que esse destaque que o estado vai ter no encontro é fundamental para as relações com as demais lideranças de outros estados e países.

“A gente está muito feliz de poder apresentar as potencialidades do Acre em um material que vai ser distribuído mundialmente. É motivo de orgulho para a gente e mostra o resultado do trabalho de uma equipe muito grande, que vem trabalhando diversos aspectos no estado, para que haja esse resultado positivo. O Acre já tem tido reconhecimento mundial, principalmente na área ambiental, mas a partir da publicação desse material, essa amplitude toma uma proporção maior”, relata a secretária.

Como chefe de Estado, o governador Gladson Cameli tem defendido, em seus discursos, que o Acre esteja no protagonismo de diferentes debates. Para ele, a projeção que esse livro vai dar ao estado é motivo de orgulho e gera sentimento de dever cumprido.

Governador anunciou com orgulho inclusão do Acre no livro que será entregue no G20. Foto: Diego Gurgel/Secom

“Esse livro vai propiciar aquilo que cada estado pode receber para quem quer investir no Brasil, e o Acre foi selecionado devido ao fato de estar cumprindo todas as pautas ambientais, de modo que a gente possa trazer investidores para gerar emprego e renda. Me orgulha, porque foi uma escolha pessoal do presidente, para que a gente possa apresentar nosso estado para o mundo nesse livro”, reforçou Gladson, durante o Encontro Trinacional da Integração Rota Quadrante Rondon, que é realizado em Rio Branco até esta quarta-feira, 10, e reúne autoridades nacionais e internacionais para debater a consolidação do corredor interoceânico como via principal do comércio exterior do sudoeste da Amazônia brasileira.

O Documental Estratégia e Desenvolvimento está em sua 5ª edição e tem como princípio apresentar os estados e entes da federação, esclarecendo e traduzindo a estratégia da organização dos atuais gestores, utilizando mapas, objetivos e indicadores, permitindo o acompanhamento a partir de um sistema de monitoramento integrado, que criará uma cadeia de causa e efeito entre as diversas ações, oferecendo aos gestores e empresários no Brasil uma visão sistêmica das atuais gestões.

“Isso permitirá aos empresários que quiserem investir em qualquer região do Brasil implementar os ajustes necessários ao longo do processo de execução, otimizando recursos, materiais e aporte financeiro. Nossa contribuição será fortalecer o fornecimento de informações cada vez mais transparentes, alinhar esforços, criar sinergias e canais efetivos de comunicação entre as organizações envolvidas, integrando pessoas e processos com foco em resultados”, complementa Guimarães.

Via Secom

Veja Mais