No AC, TRE realiza treinamento para mais de 10 mil mesários que vão trabalhar nas eleições 2022

0
31

O Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC) começou, nesta semana, o treinamento para os mais de 10 mil mesários que devem atuar na eleições deste ano, nas nove zonas eleitorais do estado. Atividades começaram dia 29 de agosto e seguem até 20 setembro.

A capacitação é uma atividade feita pelo TRE com servidores com experiência em eleições, e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibiliza o vídeo do treinamento teórico e o treinamento prático. O treinamento de mesário ocorre no estado de forma híbrida, no formato de Ensino à Distância (EAD), e também presencial.

“Daqui uns dias começamos o treinamento no interior do estado. Vai ser feito em todos os municípios. Santa Rosa, Jordão, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter, todos estes municípios que têm o acesso difícil, mesmo assim, a justiça eleitoral vai dar o treinamento presencial aos mesários daquela região porque não tem como fazer o Ensino à Distância para estes municípios mais distantes. A capacitação começou pela capital e segue nos próximos dias para o interior do estado”, disse Rosana Magalhães.

O presencial, em Rio Branco, ocorre na Fecomércio e no Tribunal de Contas do Estado (TCE), no período da manhã e da tarde. São cerca de 4 mil mesários apenas na capital, segundo informou Rosana Magalhães, diretora-geral do órgão.

 

Por três eleições seguidas o carteiro Eliaque Barreto, que estava presente na capacitação desta quinta-feira (1º), no Tribunal de Contas do Estado (TCE), participa como voluntário desse processo democrático. Ele conta que é um momento importante e por isso faz questão de contribuir.

“Me propus porque é um ato importante para nós brasileiros, todos nós temos que ser úteis e eu achei uma forma de ajudar de estar presente, por ser um momento importante para todos nós. Então, são três eleições que eu participo e é muito gratificante para mim”, disse em entrevista à Rede Amazônica Acre.

Ao todo, o Acre conta com 720 locais de votação com 2.280 seções eleitorais nos 22 municípios acreanos.

Pela primeira vez participando como mesária, a enfermeira Claudiene Rodrigues foi quem se candidatou para ser voluntária.

“Eu não tinha experiência como mesária e como já tenho alguém na família, minha que é mesária há muito tempo, perguntei a ela como funcionava, ela me explicou e me voluntariei pra ser. Acho muito importante, o cidadão precisa saber tudo que está acontecendo na sua cidade, por trás nos bastidores. Antes eu só chegava e votava, agora eu ver como funciona a votação”, explicou.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui